sábado, 14 de julho de 2012

Resenha: O Diário de Anne Frank

Mundialmente conhecido, O Diário de Anne Frank, uma história verdadeira, fez todos conhecerem o ''lado de dentro'' da Segunda Guerra Mundial, com relatos da família de Anne e o sofrimento que tiveram de passar.
Em minha opinião, como adolescente, em alguns momentos podemos nos ver em Anne, em seu crescimento e nos momentos em que estamos nos conhecendo e aprendendo a conviver com as pessoas.
E em consequência da guerra, podemos perceber a mudança de Anne, a sua sabedoria resultada pela guerra e que apesar de todo sofrimento, Anne não abaixou a cabeça e sempre acreditou que os judeus teriam a liberdade tão desejada.

A história: Anne Frank, alemã de origem judaica, teve sua vida mudada ao ir para um esconderijo com sua família e seus vizinhos, em um edifício comercial, no estopim da guerra. Com o diário que havia ganhado Anne descreveu todo o seu tempo no ''Anexo Secreto'' e como se sentia em relação aos acontecimentos da guerra. No esconderijo onde ficou, além de seus pais e sua irmã mais velha, Anne ficou com seus vizinhos, um dentista e também recebia visitas de amigos íntimos da família, que traziam comida (comprada no mercado negro) e passa-tempos, como livros, roupas e alguns presentes nas datas festivas. Lá, eles tinham que lidar com algumas situações desagradáveis, como não fazer barulho,  a repartição de comida e as brigas entre eles mesmos. Na medida do possível, Anne tentava conviver bem com seus colegas de esconderijo, passando o tempo estudando e ajudando seus pais dentro do ''Anexo''. 

Anne é conhecida por sua determinação e esperança, que comove desde hoje quem lê seu diário, fazendo todos lembrarem da importância da paz. 

E você, o que acha do Diário de Anne Frank, ou tem vontade de ler? Tenho certeza de que você não vai se arrepender.

6 comentários:

  1. Oii. Desde quando comecei a entender o que foi a II Guerra, tenho vontade de ler esse livro. É muito interessante ver os fatos com essa visão e não apenas com textos de livros de História.

    Anna
    http://castanhadechocolate.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ola! Tudo Bem!
    Meu nome é Léia Bous e,
    Visitei o seu blog e gostei. Entrei
    Como seguidor. Boa Sorte.
    Também tenho um blog e gostaria
    Que visitasse e se possível entrasse como
    Seguidor. Obrigada
    http://escolhasopus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Bom dia!!!!

    Acredita que ganhei esse livro de presente há duas semanas? Então... comecei a ler há alguns anos, mas acabei abandonando a leitura por falta de tempo.
    Eu me interesso muito pela temática. (Terminei O Leitor na semana passada!) E essa resenha me estimulou para a leitura de Anne Frank.
    Assim que eu terminar, escrevo aqui o que achei.
    Bjs,

    Roberta Nogueira

    http://o-teto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu achei um pouco bobo, esperava mais do livro, inocência minha né? Afinal é apenas um diário de uma adolescente. De qqr forma, eu recomendo, mexe com nossa imaginação pensar em cada dia q a familia passou ali escondida, em cada risco de serem descobertos e em cada aflição, triste saber q tantas pessoas passaram por isso...

    Tb postei sobre ele no meu blog: http://dicasdeboaleitura.blogspot.com.br/2012/05/o-diario-de-anne-frank.html

    ResponderExcluir
  5. Oizinho... meu nome é Greicy e sou uma leitora voraz.
    Parabéns pelo blog ;)
    Sobre esse livro em específico, ainda não tive a oportunidade de lê-lo, mas já sabia um pouco da história e "conheci" a autora do livro, através de um filme chamado: ESCRITORES DA LIBERDADE. Que fala de uma professora que tenta ajudar os alunos a aprenderem, mas mais que isso, que eles entendam e que se importem com os outros, e é inserido a trama o livro "de Anne Frank" e algo mais... que vou deixar aqui a dica para quem tiver a oportunidade veja. É maravilhoso.
    Abraço e sucesso com o blog ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escritores da Liberdade é um lindo, lindo filme! Eu e a Martha já assistimos ele e você me lembrou disso! A moça que aparece no filme é Miep Gies e ela foi uma das amigas que ajudaram a Anne no esconderijo.
      Com certeza, todos devem assistir a este filme também. Ótima dica e obrigada :)

      Excluir